Sáude e Nutrição: Refrigerantes: vilão e docinho!

14 de outubro de 2013

Olá meninas, aqui é a Nat nutri e correspondente aqui do Glam.

Nosso papo desta semana é sobre uma bebidinha docinha que algum tempo vem conquistando a mesa dos brasileiros e do mundo inteiro =/

Glam4You por Nati Vozza | Saúde e Nutrição: Refrigerantes: vilão e docinho

Hoje já se sebe que os refrigerantes não só favorecem o surgimento e a piora da celulite, mas também que fazem mal à saúde.  Seu consumo está diretamente ligado ao ganho de peso, mas ainda assim não conseguem eliminá-los de vez da sua rotina, não é?! Assim como você, muitas pessoas passam por isso, já que o refrigerante é a segunda bebida mais consumida no mundo, perdendo apenas para água (ufa).

Por apresentar uma quantidade bem grande de açúcar branco, o que justifica o ganho de peso por aqueles que apreciam a bebida, contém substâncias artificiais tais como: sódio, corante, conservante  e acidulantes, podendo levar a sérios danos a saúde a curto e longo prazo. Seu consumo pode resultar em retenção de líquidos, visível inchaço nas pernas e pés, comprometimento do funcionamento intestinal e desconfortos no estômago.

Vamos a outras substâncias que apresentam nos rótulos dos refringentes que podem comprometer nossa saúde:

 Acidificante: Usado para dar a sensação de dentes e boca limpa ao beber o refrigerante;

– Favorece a eliminação de cálcio pelo organismo, podendo levar a uma osteoporose.

– Compromete o desenvolvimento e formação de osso de dentes em crianças.

– Causa desgaste do esmalte dos dentes, deixando-os mais frágeis e sensíveis.

 Dióxido de Carbono (co2)

– Responsável por causar um ardor na língua e juntamente com o sal dá a sensação de refrescante.

 Corante de Caramelo (caramelo IV)

– No Brasil os refrigerantes à base de cola tem 60x mais caramelo IV que em outros países.

– Responsável por dar cor e sabor à bebida.

– Substância potencialmente cancerígena

 Cafeína

– É um estimulante natural, aumento os riscos do desenvolvimento da pressão alta.

– Aumenta o ritmo cardíaco, podendo causando stress e problemas no coração.

– Dificulta a absorção do ferro pelo organismo, podendo levar a anemias.

 

Meninas, não adianta em nada trocar as versões normais por lights e zero açúcar. Apesar do teor de açúcar ser reduzido, eles contém uma quantidade ainda maior de sódio e segundo alguns estudos aumenta o apetite por açúcar.

Será que ainda vale a pena consumir refrigerantes?!

Dúvidas, perguntas e sugestões me enviam aqui no Glam ou por e-mail [email protected]).

Beijos e até semana que vem!

Nat

 

Compartilhe:

5 comentários

Deixe uma resposta

  1. Que refri que nada, não tem nada mais maravilhoso que um belo suco de frutas! É só uma questão de hábito!

    Beijos
    Clarissa Carino

    1. É isso ai =)
      Mto bom …

  2. Nat, primeiramente gostaria de parabenizar pela coluna, eu leio sempre e gosto muito! Sobre os refrigerantes, decidi cortar desde o boom do rato no refri,nem tanto pelo rato mas justamente porque vi a matéria toda falando o quanto os componentes são prejudiciais e até proibidos em outros países! Confesso que estou achando dificílimo! Mas faz tempo que sei dos malefícios e acho que o esforço vale a pena! E seus esclarecimentos reforçaram ainda mais minha decisão! Bjus!

    1. Oi Re,
      Que excelente notícia!!!!!

      Quando estiver com vontade de consumir refrigerante, opte por um suco bem refrescante.
      Papel e caneta na mão!
      – 200 ml de água com gás gelada
      – 1 unidade de limão ou laranja
      – Adoce a gosto.

      Beijossss
      Nat 😉

  3. muito bom, adorei!!