FASHION WEEK: Playing Someone Else?

13 de fevereiro de 2014

Acabei de ler um texto da Alê Garattoni sobre a moda dos fashion weeks, onde ela diz: “hoje a impressão que tenho é que todos vivem em torno da expectativa de fazer a Anna Dello Russo parecer basiquinha”. Parafraseei a Alê, pois eu realmente penso isso há algum tempo e praticamente pensei sobre isso o NYFW inteiro!

glam4you-nativozza-blogdemoda-blogsdemoda-newyorkfashionweek-newyork-streetstyle-3

Desde os meus primeiros FW’s em Londres já venho notando que as pessoas praticamente mudam de personalidade para assistir aos desfiles. Elas simplesmente passam a usar e coordenar peças que nunca usariam na “vida real” e de uma forma que também nunca usariam. É vestido por cima de calça, estampa com estampa e estampa, camadas e mais camadas, cores que simplesmente não resultam em algo elegante e usável, sem contar em colocar as pernocas de fora em um frio congelante ou então camadas e mais camadas em um verão rigoroso. Mas que, claro, sendo Fashion Week tudo pode. Não?

Valorizo quem chega até os desfiles com sua personalidade intacta. Podem me chamar de Boring, mas Olivia Palermo é uma que está sempre elegante e coerente ao seu estilo pessoal. Ela sempre apresenta novas formas de usar um cinto, uma bota diferente, cabelos bem cuidados, algo que realmente nos enchem os olhos e que realmente conseguimos nos inspirar, porém ela está sempre ela. Olhem, vejam bem, ela não é a pessoa que eu mais me inspiro nesse cenário da moda, mas é de uma elegância e coerência incrível. Mira Duma, mesmo tendo mudado tanto o seu estilo e muitas vezes aparecer com produções bem futuristas e pouco atingíveis, ainda assim consegue ser uma fonte de inspiração. Pois é coerente ao seu tipo físico e mesmo usando peças pouco próxima ao meu estilo de vida real, é, na verdade, uma dica do que virá por aí. Emanuelle Alt. Shea Marie – passei a admirar a blogueira mais e mais pois a vejo de forma muito coerente e valorizo isso -. Andy Torres. Entre outras!

glam4you-nativozza-blogdemoda-blogsdemoda-newyorkfashionweek-newyork-streetstyle

O que tem de errado em ir vestida de “você”? Claro que, sendo Fashion Week, esperamos ver e ficar ligadas em tendências, esperamos ver as pessoas “caprichadas”, queremos nos inspirar em produções bacanas e que não havíamos pensado antes, observar que a “tal” bolsa realmente voltou, ou que a bota X é a nova bota da vez. Mas quem anda conseguindo se inspirar com tanta “esquizofrenia”?

Vamos pensar? Quero saber o que acham disso…

Compartilhe:

39 comentários

Deixe uma resposta

  1. Concordo plenamente, sempre achei um exagero a forma como a maioria se veste.
    Carnaval total!!!
    Bjos!!

  2. Concordo plenamente com o seu post e ponto de vista… Andei vendo algumas fotos e parece mais um concurso, do tipo quem está mais fantasiada, quem coloca mais tendências em um mesmo look e quem aparece mais mesmo que por motivos nem tão bons…. Longe de ser fashionista, super ligada em tendências mas entendo que a roupa não deveria ser uma fantasia 24/7 e muito menos chegar ao limite de esconder a pessoa ou parecer uma caricatura. Mas enfim acho que tem tanta gente carente de atenção no mundo que apelam ate para roupas esquisitas e que não favorecem..

  3. Meu deus, é mt esquisitisse mesmo kkk

    >>>>>>>> Mulherada, venham conhecer a loja mais descolada de T-Shirts: http://www.PISAICO.com.br <<<<<<<

  4. Nossa, pensei que nunca fosse ler esse ponto de vista em algum blog de moda! Mais uma vez, Nati Vozza nos surpreendendo! kkkkkkk, brincadeiras a parte, isso que você escreveu está totalmente correto!
    Mesmo sendo estudante de Direito, adoooooro moda e sempre fico ligada em tendências, FW’s, etc… Mas sempre fiquei pensando: PARA QUÊ usar essas produções (que chegam até a ser esquisitas)? Sinceramente, não consigo me inspirar em quase nada que essas mulheres usam para irem aos desfiles. Como se estivessem usando fantasias, sabe? Sei que é feio citar nomes, mas a Helena Bordon é uma delas. No Brasil, o estilo dela é um… aí quando vai pra FW, muda totalmente. Sei lá, é opinião de leiga, mas acho que temos total liberdade de opinar sem ofender!
    Beijo Nati

    1. Ahahahaha eu amo moda, eu amo extravagâncias, eu amo a liberdade, mas eu tbm amo amo amo amo amo coerência, como em tudo na vida.
      Beijos Van

    2. Tambem nao gosto muito de citar nomes, mas eu concordo plenamente no caso da Helena Bordon. Estou vendo os looks dela, e mesmo alguns sendo ate legais, de vez enquando ela da umas viajadas e exagera demais, assim como muitas outras. Gente, eu moro em NYC, eu sei q esse inverno esta sendo MUITO rigoroso, eu acho q nao vale a pena praticamente se “matar” usando uma sandalia e uma saia curta sem meia so pra fazer bonito. Na minha opiniao eh cafonice.. Bjs

  5. Concordo plenamente, Nati! O que percebo é esse carnaval todo em cima das FW’s da vida, que pouco nos inspiram de fato (nós, os mortais). Também percebia coisa parecida há algum tempo atrás com algumas blogueiras. Obviamente é legal inovar e as leitoras esperam algo que fuja do cotidiano, porém, também esperam algo que possa se adaptado ao dia-a-dia.

    AMO quando você faz posts assim, mais reflexivos mas que não fogem da temática do glam4you. Você, a Thereza do Fashionsmo e a Marina do 2beauty são, de longe, as melhores! Mais gente como a gente 😉 Desejo muuuuito sucesso pra você, linda. Que Deus te cuide e abençoe teu caminho todos os dias. Um super beijo!

  6. Olá Nati tudo bem?
    Ah para mim isso nem é mais ser fashionista, onde está o lado em que nos podemos inspirar, tirar algo dessas produções mega loucas tem se tornado algo difícil! Prefiro mil vezes produções menos fantasiosas e mais usáveis do que esse tanto de avatar estranho que vemos por aí! haha.

    Um beijo.

  7. Naty, você como sempre muito coerente em seus comentários e seu estilo. Eu adoro ver looks street style, principalmente em temporadas de moda, mas muitas vezes, é decepcionante pois não dá pra aproveitar nada de inspiração no nosso day by day. Você estava linda, descolada e com certeza nos ajudará a compôr produções legais de inverno, assim como algumas outras poucas que vi, uma pena mas realmente é o que vem acontecendo. Um dos fatores que mais contribuem para esse seu carisma é esta sua autenticidade e ‘”pé na realidade”, continue assim!! Bjos! Taty

  8. Nath,
    Embora eu ache coerente o seu pensamento, particularmente acredito que as pessoas que fazem isso o fazem justamente por ser parte da personalidade delas, uma parte que ela realmente não pode demonstrar no dia a dia (pois, como você bem colocou, ninguém sairá assim na rua normalmente).
    Da mesma maneira que eu e você e muitos outros não cogitamos usar esse tipo de roupa por não ter a ver conosco, essas pessoas cogitam… e por quê? Justamente por ter a ver com elas!

    E eu acho que as semanas de moda são o momento certo de extravasar, de não ter que seguir alguns padrões sociais que temos que seguir todo o resto do ano.

    Um beijo! : )

    1. Oie, queria saber seu nome para te chamar por ele ehehe. Depois deixa aqui, tá?
      Mas então, eu acho lindo extravasar, acho lindo podermos ser quem realmente somos e isso não tem nada a ver com o ponto que eu quis tocar nesse texto. O fato da pessoa ser uma em seu dia a dia e completamente outra em uma semana de moda, pra mim, é não ser coerente…
      Mas respeito muito sua opinião, acho sim que temos que discordar dos outros, e em textos delicados e educados como o seu, se não seria tudo muito chato, né?
      beijos mil

    2. Oi Nath, é Mariana! Eu coloquei o nome do meu blog e esqueci de alterar, rs (e acabei esquecendo de colocá-lo no link de blog… agora coloquei!).

      Beijos!!

    3. Ahhh não está aparecendo… de qualquer forma é: http://licaodehoje.wordpress.com/

      Beijos!

  9. MUITO BOM NATI.. PERFEITO O COMENTÁRIO FINAL.. APLAUSOS!!!!!!!!

  10. Oi Naty! Nos conhecemos no evento Pop Up + My Shoes, sou de Manaus mas morando em SP! Eu adorei o post, também penso um pouco assim, mas você também não acha legal ousar um pouco nessa época? A gente sempre tem aquela peça que é um escândalo e que não da pra usar em qualquer lugar e um evento como esse pode ser a hora perfeita! Não que isso mude “você” mas com certeza vai ser um look bem diferente dos outros acostumados a usar no nosso dia-a-dia, né? Acho até bem legal isso da Moda, a gente poder ousar algumas vezes. A gente não sabe, mas vai ver esses looks são os looks dia-a-dia delas, né? Rsss. Mas nem que eu queira muito, eu consigo looks tão maluquetes como esses! Beijos! Adoro, adoro, adoro você!!!

    1. Je, adorei seu comentário, mas acho que você não entendeu o que eu quis dizer =))
      Deixei muito claro, várias vezes pelo texto, que é legal ver coisa diferente, que é bacana a pessoa ousar mais em uma semana de moda, porém não se fantasiar… e não, elas não se vestem assim na vida real. Fora Anna Dello Russo, que mesmo fantasiada de esquizofrênica, eu ainda a coloquei dentro das pessoas coerentes… entendeu agora?
      beijos mil

    2. Ahhh! É, interpretei errado! rs Você tem razão, Nati!

      Beijoooss

  11. Concordo, não entendo essa necessidade de as pessoas irem tão bizarras aos FW’s…

  12. Oi Nati!!

    Já estive em algumas semanas de moda e presenciei essas pessoas que praticamente se “fantasiam”. Não faz o meu estilo mas acredito que sem eles, incluindo Anna Dello Russo, Susie Bubble, Michelle Violy as semanas de moda não seriam tão bacanas e apaixonantes como são . Vejo o lado funny dessas super produções e que atravás delas as pessoas mostram muito da personalidade que teem.
    As russas então sem comentários… Miroslava, Ulyana e cia são um show a parte! Minhas favoritas!
    Gostei muito daquilo que ví, incluindo os exageros. Até deles conseguimos tirar alguma inspiração.
    Eu mesma já vesti algo mais ousado e me senti tão bem!!
    Concordo com o que alguma leitora disse aqui em cima, nas semanas de moda é onde podemos ousar um pouco, vestir algo que consideramos especial! Acho incrível essa diversidade!
    Aqui no Brasil todo mundo se veste muito igual, isso é boring! talvez se as pessoas ousasem um pouco mais, poderia ser que nossas semanas de moda tivessem um pouco mais de notoriedade no mundo todo…

    Adorei a sua reflexão e acho super bacana “conversarmos” sobre isso.

    Um beijão

    1. eu não acho e nunca disse que é ruim as pessoas ousarem, muito menos que a diversidade é algo ruim. Até disse que a Anna Dello Russo, que é a mais esquizofrênica-fashion, é coerente ao seu estilo.
      Acho sim errado as pessoas mudarem de estilo completamente, só porque é fashion week… não é teatro, poxa.
      Beijos

  13. Gostei muito da sua sua posição em relação a forma como muitas se apresentam nestes eventos de moda: esse também é meu pensamento, mas como sou leiga, apesar de amar a moda, ficava reticente. Sem citar nomes, algumas brasileiras ,parecem ter se perdido mesmo com as baixas temperaturas. Várias sobreposições e os pés SEM MEIAS!!! Realmente não dá para entender. Parabéns pelas suas produções, sempre coerentes e belas.

  14. Oi Nati, concordo com o seu comentário acho que acaba valendo mais um clic, do que o verdadeiro estilo dessas pessoas
    Bjuuu

  15. Oi Nati, concordo com o seu comentário acho que acaba valendo mais um clic, do que o verdadeiro estilo dessas pessoas
    Bjuuu

  16. Ai que susto Naty ! haha eu olhei o post por cima e pensei que você tava achando bonito tudo essa palhaçada kk . Concordo com você ! Até quero colocar no meu blog também o que aconteceu no Fashion Week mas e essas bizarrices não dá né ? Agora as de baixo arrazaram , pois elas tem personalidade , que é o que tá faltando hoje em dia . hehe ~ desabafando ~ . Beijos <3

    http://www.estacaodoestilo.blogpot.com

  17. Adorei!
    Tem um documentário sobre isso, falando que o street style virou um teatro e que as pessoas se vestem para serem fotografadas.

  18. Nati, achei muito válido este post. Afinal, blogs como o seu tentam aproximar as pessoas comuns da moda e das tendências, e creio que a maioria se assusta e não entende tanta informação de moda presente nesses looks exóticos. Seu blog é para a VIDA REAL! Parabéns por isso! Bjs

  19. Pela volta das “inspirações que realmente inspiram!”
    Beijos, Pá.
    @papalombo
    http://fashionandotherthings.com

  20. Ah sei lá, acho que se a pessoa curte se “fantasiar” nas semanas de moda e dar uma pirada, por mim super ok! AMO essa liberdade de poder ser, vestir, comer o que bem se quiser. Ainda prefiro aquele texto da Bíblia: “Examinando tudo, retendo o bem”, e que desde que não vá prejudicar os outros,ou ferir as leis de Deus e do homem que cada um seja o que bem quiser!

    1. mas gente, eu não disse nem de perto que não acho legal as pessoas serem livres, eu disse em várias partes do texto que adoro a liberdade e etc… só apenas 1 ponto: a vontade de ser fotografada é maior do que a coerência com a sua personalidade, apenas isso.
      A Anna Dello Russo, por exemplo, que é a maior fantasiada, é coerente, pois ela é assim de verdade, não apenas para ser fotografada em semanas de moda. É esse o ponto!
      Acho sinceramente que você não entendeu o meu texto.

    2. Entendi sim, Nati! É que não me incomoda em NADA a incoerência (até pq não tem como saber, não conhecemos essas pessoas), ou o desejo de ser fotografada, ou toda teatralidade , aliás acho q já faz parte das semanas de moda, e eu curto ver. (Ps: vc abriu para discussão com o “vamos pensar”, a minha intenção é expor meu ponto de vista que parece ser diferente do seu e do da maioria das meninas que comentaram, e não o de causar qualquer desconforto, adoro o blog. Beijos)

  21. Concordo com você em gênero, número e grau.
    Principalmente grau !!! O que é tudo isso ?
    Na minha singela opinião não passa de fantasia, pra chamar atenção.
    A Anna Dello Russo já virou tradição, folclore, figura pitoresca,
    a Elke Maravilha das FWs, mas os outros … desculpa, só rindo mesmo !
    Bj pra vc Nati

  22. Concordo com você em gênero, número e grau.
    Principalmente grau !!! O que é tudo isso ?
    Na minha singela opinião não passa de fantasia, pra chamar atenção, porque elas não andam assim no trabalho, na balada, no almoço em família, etc …
    A Anna Dello Russo já virou tradição, folclore, figura pitoresca,
    a Elke Maravilha das FWs, mas os outros … desculpa, só rindo mesmo !
    Bj pra vc Nati

  23. Nati, vale o segundo comentário, mais completo, ok ?

  24. Mais uma vez você, mega coerente..mega verdadeira! parabéns Nati!! beijocas!! :)

  25. Nossa Nati leu meus pensamentos kkkkk fui no meu primeiro FW aqui em NY e fiquei assustada com os fotografos eles so fotografam famosos (anyway) e anonimos que estao fantasiados essa eh exatamente a palavra se vc chegar com o look elegante mas nao tiver um cabelo verde ou look digno de Lady Gaga ninguem te nota kkkkk esse modismo eh culpa dos fotografos e de quem quer aparecer a qualquer custo!!!
    Adorei o post.

  26. Oii Natti!
    Achava que só eu pensava assim! Haha! Tudo bem em ousar, vestir-se de uma forma diferente mas que seja você mesma! Que não haja falta de coerência e nem tenha tantas bizarrices como estamos acostumadas a ver em alguns sites das semanas de moda.
    Tudo deve ser ser usado com senso ne?! Adoro os seus looks e principalmente por voce manter a sua essência, seja aqui no Brasil, ou em qualquer outro lugar do mundo!
    Não entendo o que se passa na cabeça da Anna Dello Russo, serio! Hahaha! Mas ja me acostumei, ate mesmo porque acredito que ela se veste estranhamente em todas as estações/semanas de moda do mundo. O importante é nao perder aquilo que se é e usar o que te faz bem ne!
    Adorei o post!
    Beijos e sucesso (mais ainda)!!!!

  27. “Fashion is what youre offered four times a year. STYLE is what YOU PICK out of that fashion..”

    Li o texto da Ale semana passada e não podia concordar mais também, e agora o seu, que presenciou tudo isso na NYFW, mais uma vez mostrando porque é minha blogueira preferida.. rs
    E voce resumiu tudo na palavra perfeita: COERENCIA.

    Moda é não ter medo de ser quem voce é, se vestir com o que voce acredita, não ser obrigado a seguir o que é ditado por ai como unico correto, é transformar sua personalidade (seja ela qual for, igual quando voce cita a exuberancia da Anna Dello Russo que é resultado da personalidade dela..) em ESTILO!
    A partir do momento que voce veste todos os editorias da Vogue/Elle/Harpers em um look só, completamente fora do ambiente (-13 graus e de saia sem meias, sandalias abertas e derivados..) SÓ pra ser fotografada, desculpa, mas isso não é moda, muito menos estilo, é fantasia.. é como falaram em alguns comentarios anterios, é decepcionante!

    parabens mais uma vez Xara!!! muitos beijos!!!